terça-feira, 17 de abril de 2007

Semear amor para sermos amados

São complicadas as relações humanas, são complicadas as relações homem/mulher!

[Outro dia falávamos sobre isto, em mais uma conversa de café…]
Eu penso, talvez seja difícil, mas é claro que não é impossível, nem algo do outro mundo…nestas relações temos que ser nós, dar o máximo de nós próprios, numa entrega total de corpo e alma. E, quando se ama, nunca se tem todas as certezas. Por vezes temos que nos reinventar para não cair em rotinas, temos que seduzir e deixarmo-nos seduzir todos os dias…temos que fazer enumeras coisas por nós mesmos e pela pessoa que amamos…
[Para rematar a conversa que já estava a ferver, por questões de português…foi quando dei a minha opinião, usando um pouco de eufemismo para não ferir ninguém.]
E, disse:
Temos que sentir confiança, respeitarmo-nos nas diferenças, partilharmo-nos nas semelhanças, conquistar a cumplicidade para que nos leve à intimidade e assim sermos amantes de verdade!
Cativar, aos pouco, um pouco em cada dia, para que um dia seja uma pessoa especial e única na nossa vida! Para que no fim do dia haja aquele abraço forte e terno, de manhã ao acordar um sorriso sincero, sem que seja necessário trocar muitas palavras.
E, é o que procuro, um amor assim, um amor profundo, que se conquista dia-a-dia!
E, como diz o velho ditado popular, colhemos o que semeamos, então o melhor é semear alegrias para colher felicidade, semear amor para sermos amados!

3 comentários:

Girassol disse...

Parece que a admiração de posts se tornou mútua.
Está ali tudo o que penso, em cada palavra, em cada expressão.

O amor é uma conquista diária, composta de pequenos nadas que são tudo.
Ao contrário do que a maioria das pessoas pensa, para se viver um grande amor, não são necessárias declarações formais ou surpresas exuberantes... o amor demonstra-se em gestos simples, na medida em que nos entregamos e nos preparamos para receber o outro.

O amor não é apenas um ponto de partida ou chegada, o amor é, deve ser sempre, o caminho...

Beijos*

Mel disse...

Acredito que o respeito está acima de tudo, e ambos devem estar conectados, devem sentir a mesma coisa para que tornem o relacionamento sério e que não machuque ninguém. Post perfeito, Vanda. Um beijo!

sonhadora disse...

na magia da noite, deixo-te beijinhos embrulhados em abraços.