segunda-feira, 17 de setembro de 2007

Que a janela da minha alma esteja sempre aberta…

Não sou diferente, nem especial, nem esquisita por em mim “morarem varias mulheres”, apenas humana, com um corpo físico, inteligência e emoções, que procura estar sincronizada com o universo, ser parte do que nos rodeia, entrar na dança de Shiva, tenho forças opostas, umas vezes sou Yin, noutras mais Yang, tenho o Alfa e o Ómega, tenho um passado e um futuro que não se aniquilam, busco o equilíbrio e a harmonia, uma atitude isolada não me caracteriza, porque na verdade somos todos Múltiplos que se revelam Uno!
Independentemente da condição geográfica, das tradições e cultura temos todos a mesma base, somos uma única espécie global que habita a mesma casa e com objectivos iguais, encontrar a Felicidade.

Por isso que abro a “janela” para ver, para repara, para olhar, não só em mim, mas nos outros também, numa tentativa de diferenciar a verdade da ilusão, de acabar com a cegueira que invade os humanos, que muitas vezes leva ao mau uso das capacidades que possuímos e que nos distingue dos outros animais.

19 comentários:

Girassol disse...

Nenhum de nós é especial, somos simplesmente únicos, mas todos, sem excepção buscamos as mesmas coisas.
A diferença é que usamos caminhos e métodos bem diferentes, e isso faz com que uns se percam a meio da busca, e outros realmente se encontrem.
Embora possuamos essa característica que nos distingue dos outros animais, muitas vezes conseguimos ser estupidamente irracionais, invertemos prioridades e baralhamos valores morais.
Porém, gosto de acreditar que a larga maioria de nós está apenas errando enquanto tenta acertar. Preciso manter a fé em mim e em quem me rodeia para manter as janelas da alma abertas...

Beijo Vanda.
Uma óptima semana.

Bina Goldrajch disse...

Ninguém é somente UMA. Somos várias dentre de uma pessoa só, dependendo do humor, fase, coisas passadas, etc. Mas tb não somos tão complexos para sermos tão diferente do outro que está ao nosso lado.

Lindo texto.
Beijão!

O Profeta disse...

Tu és especial, sente-se...


Hoje decidi aprisionar o teu querer
De amor regado com agua pura
No céu há uma estrela que é tua
Na terra há um beijo à tua procura...


Boa semana


Mágico beijo

borboleta-pluft. disse...

obrigada.

Márcia(clarinha) disse...

Sou tantas que me perco ao tentar descobrir qual delas quero ser, isso nos faz especiais, isso somos nós,mágicas mulheres.
linda semana,flor
beijos

[P] disse...

"na verdade somos todos Múltiplos que se revelam Uno!" É exatamente isso! Eu queria saber escrever algo desse jeito assim, sabe?

Beijos, Dona anda.

Edna Federico disse...

Também sou várias dentro de mim, mas todas são especiais, sorriso.
É importante abrir a janela, deixar entrar, mas também observar...
Beijos

Pensamentos Ocultos disse...

Todos somos inportantes e únicos ! Independentemente de qualquer coisa !

Beijinhos.

BRUNO LEONARDO disse...

Oi,linda
Concordo que somos únicos,mas sei também que existe dentro de nós uma imensa dualidade...ninguém se mostra igual o tempo todo..e aí é que está a beleza do ser humano!
grande beijo

luma disse...

Somos a somatória de nossas experiências, boas ou ruins. Sem distinção de qualidades e defeitos, apenas procurando o equilíbrio.

Bom dia!! Beijus

Jana disse...

UMA ÚNICA e INteira só serei qdo morrer, até lá eu vou efervescendo em diferentes sabores de fruta ;)

Camila Louise disse...

É a Vanda irmã da Catia? Adorei o blog... temos algo em comum mesmo! Gostei muito do texto tbm... beijos!

Mel disse...

Já sumiu, né?

Freyja disse...

te felicito por tu blog
gracias por tus saludos en Blog Luso
un buen fin de semana y que estes muy bien
besitos

Elza disse...

acho até bom ser mais que uma, assim não caímos nunca na chatice de ser sempre a mesma coisa...


boa seman.

=]

Paula Calixto disse...

A humanidade em si mesmo é mais difícil, por vezes, de ser apreciada, não é? Na verdade, buscamos nós nos outros e isso exige arte, senão atrapalha!

Beijos

Si Ferraz disse...

Adoro vir aqui e ler esses textos perfeitos!

Beijos,
Simone.

sarah k disse...

Vanda,
é imprescindível ter os olhos sempre voltados para fora de nós, perceber o mundo, o outro faz parte do crescimento de cada um.

bjs
;-)
apareça ... Ainda de férias?

markus disse...

Lindo este teu texto, vale a pena manter sempre abertas as janelas da alma...
Uma boa semana.Bjos***